CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »

25 de agosto de 2011

Ideia fixa - Obsessão


Uma obsessão se dá nos seguintes termos:
Idéia, imagem, pensamento continuado, impulso forte que domina o indivíduo a ponto de ele não poder libertar-se, usando processos conscientes comuns. Verifica-se independentemente da vontade do indivíduo, mostrando-se porém claramente a sua consciência.Tanto em indivíduos normais quanto em anormais há comportamentos obsessivos. O comportamento obsessivo leve pode exprimir-se em pequenas dívidas passageiras e sem maiores conseqüências, ou mesmo sem nenhuma conseqüência; porém as formas mais graves de obsessão (e de compulsão, que é o ato freqüente para evitar a angústia) podem prejudicar a vida normal do indivíduo, distorcendo sua personalidade. O aumento de certas obsessões pode ter origem em conflitos da infância, expressos por hábitos de morder as unhas, por medos noturnos etc., e que podem manifestar-se na idade adulta também pela falta de autoconfiança, controle exagerado do intelecto sobre o comportamento, incapacidade de ter sentimentos de ternura, etc. Um doente mental pode ter pensamentos que voltam com certa freqüência inevitavelmente, por exemplo, sobre um "erro grave" que ele, na realidade, nem cometeu. A personalidade obsessiva, se bem que no nível de normalidade, marca a vida do indivíduo por certa inibição de prazeres; ele sente uma ligeira depressão. Aumentando o comportamento obsessivo, podem surgir obsessões específicas que chegam a prejudicar sua vida normal, com o advento das chamadas neuroses obsessivo-compulsivas, que se caracterizam por pensamentos dos quais o indivíduo não pode livrar-se, e que são muitas vezes desagradáveis.

Alguém já sentiu isso? Eu me sinto assim em relação à cirurgia e ao emagrecimento e à minha condição. Não sinto mais vontade de fazer nada, só quero que o tempo passe rápido (se eu pudesse, ficaria só dormindo para os dias passarem depressa), e mais: que o tempo passe rápido e me traga aquilo que eu quero. Não dá vontade de trabalhar, não dá vontade de estudar, não dá vontade de sequer pensar em nenhum projeto de vida. Sinto que minha vida está "em suspenso". Tô preocupada com isso, porque tá tudo virando uma bagunça ao meu redor. E eu não consigo buscar forças pra arrumar, pra colocar ordem nesse caos que tá virando minha vida de pernas pro ar... Mas, enfim, compartilhar isso (nem que seja virtualmente) já ajuda a pensar melhor a situação (se bem que eu preciso mesmo é ESQUECER! Ou pelo menos agir racionalmente. Juro que estou tentando, mas é uma coisa que me domina, que é mais forte que eu, enfim... 


13 comentários:

Flavinha disse...

Oi Fabi!

Eu sei como se sente... fiquei no total seis meses atrás de médicos, exames, laudos... nossa vida meio que para mesmo à espera da tão sonhada cirurgia!
Mas te digo uma coisa, não valhe a pena tanta mobilização assim.
Se tem que esperar, espere e as coisas vão se encaminhando.
Tudo ao seu tempo!

Vai preparando a cabeça, se cuidando para não piorar a situação que tudo dará certo.

Bjinhos

samysam disse...

Amiga, isso tudo é resultado da obesidade. Eu tb me sentia como vc antes da cirurgia. Queria dormir e acordar só depois que operasse. Já não tinha mais vontade de fazer nada. Só trabalhava pq tinha contas pra pagar. Queria ficar trancada no quarto sem sair e sem ver ninguém.
Tudo isso mudou com a cirurgia. Claro que tem que começar de dentro a mudança. Pq se vc vai bem consigo mesma, isso se reflete em tudo a sua volta. Mas com a perda de peso, a volta da auto-estima e confiança, vc começa a ver as coisas num outro ângulo e a fazer planos.
Mas além disso tudo tem uma questão em que eu acredito muito, que é a espiritual. Se eu não colocar meus anseios, minhas necessidades, dúvidas, medos nas mãos de alguém que é maior que eu e que tem o controle de tudo, que é meu criador e me conhece melhor que minha mãe que me gerou, nada pra mim vai bem. É nisso que eu acredito.
Pra mim dá certo.
Fica aqui uma dica.
Bjus amiga e vc sabe que pode sempre contar comigo. SEMPRE!!! ^^

Sayuri disse...

Oi cumadre! Passei ali na casa da Cumadre Hellen e vim bater aqui! Ahhh eu sei bem, tinha crises de ansiedade em alto grau, cabava virando obsessão. Hoje em dia mais controladas hehe. Se aceita dicas: relaxe. Como? Deite confortável,se concentre na sua respiração, no fluir do entrar e sair do ar puro e enquanto isso vai pensando em cada parte do seu corpo, seu coração batendo... Vai começando dos pés e relaxando... cada dedeinho, as panturrilhas coxas... ai vai subindo pro tronco... e assim no corpo todo. Vc vai sentindo tudo soltando as tensões, até a musculatura da bunda relaxa! hahah Juro! To seguindo seu blog hem lindeza, desculpa a falação, mal de geminiana! =D
Beijos!

Fabi disse...

kkkkkk,

ai gentem, adoro isso aki, adoro vocês!

obrigada pelas dicas e sábios conselhos!

Flavinha: tenho pensado muito nessa frase: cada coisa a seu tempo! Vou fazer dela meu mantra!

Sammy: é verdade, é preciso se apegar a algo maior que a gente, pq senão o resto não faz sentido! E de fato, tenho deixado esse lado meio abandonadinho, tô meio "atéia-atoa", hehehe, mas realmente isso traz um vazio!!

Sayuri geminiana: obrigada pela visita e pelo conselho (aceito sim, de bom grado) Vou tentar relaxar, embora eu saiba que será difícil pq eu sou um poço de agitação! afffff
e pode falar o quanto quiser, fica a vontade que a casa é sua!

É isso gente: I am not obsessive! kkkkkk (talvez só um pouquinho...)hehehehe
bjossssssss

Angelica Manhães disse...

Quando eu era criança, na véspera do meu aniversário, eu dormia cedíssimo pra poder chegar o outro dia logo rsrs, e até hoje sou assim, sou ansiosa quando estou esperando alguma coisa, tenho dificuldade de relaxar e esperar chegar, mas com a idade, isso tem diminuído.
beijocas

Mimoo disse...

Uiii meu Deus eu tb fiquei assim!
Mas eh pior ainda Fabi, o ideal eh vc pensar em outras coisas, inventar outras coisas interessantes pra pensar, que ai, o tempo passa rapido e chega logo que a gente nem ve!!

Foooooorçaaa Beijao

Jean Pierre Palmieri Battilani disse...

Olá Fabi, essa ansiedade é normal e aumenta ainda mais pelas dificuldades. Mas se vc ler os blogs vc vai ver que todos enfrentaram dificuldades até chegar o grande dia. Acho que acalmar o coração e doutrinar a paciência faz parte do tratamento, pelo menos eu encarei assim. Me lembro que após a cirurgia, quando senti um certo desconforto, eu pensei assim: lutei tanto para estar aqui e agora tudo isso é um processo, aguentei firme. Não desista de nada. Siga em frente, mesmo que seguir em frente está te pedindo para dar uma parada estratégica. Força na luta que está se iniciando.

Srta Ruh Pink ♥ disse...

Olá amiga!
Tbm me senti assim qdo estava nos preparativos para a cirurgia.
A vida passa pela gnt e a gnt nem vê... Então não se preocupe q isso eh passageiro!

Mudando de assunto, me manda o teu email para eu te mandar o convite para meu blog q agora será fechado para convidadas. To tendo muito problema com anônimos!

To aguardando!

Bjoo

Srta Ruh Pink ♥ disse...

Olá amiga!
Tbm me senti assim qdo estava nos preparativos para a cirurgia.
A vida passa pela gnt e a gnt nem vê... Então não se preocupe q isso eh passageiro!

Mudando de assunto, me manda o teu email para eu te mandar o convite para meu blog q agora será fechado para convidadas. To tendo muito problema com anônimos!

To aguardando!

Bjoo

Núbia Grasiela disse...

minha querida ...obrigada pelo comentário gracinha q vc deixou no meu cantinho ..
isso aquece meu coração !!!
sabe q ninguém acredita q vou emagrecer ?
quando tem pessoas lindas assim como vc e me diz uma coisa dessa me da mais vontade de continuar e nunca desisti ...
fiquue com deus !!!
to te seguindo amoreco ..me da essa honra tbm ?

bjim

Angela Gaudencio disse...

Moça, achei seu blog meio por acaso! E lendo seu post entendo perfeitamente esse momento! Eu tô passando por um estado de depressão profunda, mas sem dúvida alguma o blog tem me motivado muito! A energia de vocês é fundamental! Eu sei que talvez vc esteja cansada de ouvir: "não se entregue! lute" e blá blá blá! Porque eu mesma ouço isso o tempo todo e sei que é difícil fazer o que as pessoas dizem! Elas fazem tudo parecer muito fácil e simples! E soa como se a gente não quisesse mudar! Como se a gente gostasse de se sentir assim! E não é verdade! Procura um psicologo que ele vai saber como te aconselhar e talvez te passar algum medicamento que vai te ajudar a sair desse momento! Eu mesma ainda estou lutando contra meu proprio preconceito com remédios! Mas vc precisa ir mesmo! O médico vai fazer mais do que te da remédio, ele vai te ajudar a descobrir a raiz do problema! As vezes a gente pensa que tá assim por uma razão, e no final das contas pode ser outra coisa completamente diferente!
ME visita! E vamos trocar nossas figurinhas! E lembre-se: sozinha vc não está! Pode contar comigo se precisar desabafar ou falar coisas sem sentido (eu falo coisas sem nexo algum muitas vezes! hehehehe)
Fica com Deus!
Beijos e Queijos

Fabi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.